1C2630DA23C84D9CA961F4292C5EB2F1_IMG 2FDE51B43AF44ADDBAABB9C5A2CB2260_IMG 8E41313A44AB419FB512788302AC46A3_IMG F9FC9784054048FEAF992A28978D0789_IMG


Esta é a cidade que desperta em nós um lado mais latino, mais quente. Ao ritmo de um tango argentino, ou de uma carne, típica sentimos nas ruas um cheiro constante a diversão.
Tendo umas das maiores avenidas, a 9 de Julho, na América latina, Buenos Aires cativa não só pelo povo fantástico que tem mas pela cultura que emana. Ainda na avenida podemos ver o Obelisco que tem cerca de 60 metros de altura.
Fanáticos por futebol, fazem do estádio La Bombonera, um culto à visita e impera-se várias fotografias junto da loucura que é São os Boca Juniores, a equipa mais famosa desta fantástica cidade.
El Caminito é umas zonas mais turísticas mas também mais catita. Podemos jantar ao som de um belo tango, ou para quem tiver a coragem podemos ainda dançar um dos muitos bailarinos. É sem dúvida uma experiência diferente.
Buenos Aires apresenta uma noite fantástica, seja para casais ou simplesmente para um grupo de amigos.
A discoteca a Kika é paragem obrigatória. Bom ambiente, boa música e de certeza boas histórias para mais tarde contarem.
Um hotel que recomendo é o Broadway Suites que fica junto ao Obelisco na 9 de Julho. Tem uma piscina cor de laranja no último piso e um ginásio muito completo. O pequeno almoço é divinal e o staff é todo muito afável. O hotel fica no centro da cidade. O valor varia de 50 a 100€ por noite.
Em cada esquina há um café com “empanadas” para todos os gostos. Torna se viciante ir provando todas.
Aos domingos San Telmo é indispensável com a sua feira deliciosa de antiguidades, no entanto podemos também tirar umas fotos com a famosa Mafalda.
Para quem, como eu, gosta de passeios ao ar livre, o jardim japonês e toda a sua magia é visita obrigatória.
A catedral Metropolitana é o edifício católico mais marcante de toda a cidade. Os argentinos são um povo muito católico e apesar desta catedral ser muito actual tem uma mistura de estilos e alberga ainda o mausoléu do libertador argentino, o general José de San Martin.
Puerto Madero é um bairro actual e sofisticado, que presta homenagem às mulheres. Assim, as ruas têm nomes de mulheres famosas em ciências, artes e política.
Para finalizar, a Praça de Maio é o coração de Buenos Aires, muitas avenidas se iniciam a partir dela e diversas comemorações e protestos também por ali passaram.
Tendo em conta que a Argentina não é já aqui ao lado o ideal será ficarem em Buenos Aires no mínimo 5 dias. Um mês acessível e em que a meteorologia ajuda é o mês de Março, nem muito quente nem muito frio.
Esta cidade vibrante e pulsante, para além das saudades que deixou, é uma cidade com visita obrigatória pelo menos mais que uma vez na vida.